Nos acompanhe nas redes sociais

Solenidade ocorrerá no dia 25 de outubro (quinta-feira)


 

A coordenação da Olimpíada Baiana de Química divulgou a lista (em ordem alfabética) dos alunos aprovados na OBAQ 2018, Fase II. Estão relacionados os estudantes medalhistas (laureados com ouro, prata, bronze), os distinguidos com menção honrosa, os alunos destaque de escolas públicas, assim como os demais candidatos aprovados no certame. As modalidades das medalhas conquistadas (ouro, prata e bronze) serão conhecidas no momento da premiação.

 

ALUNOS APROVADOS OBAQ 2018 - ORDEM ALFABÉTICA

ALUNOS DESTAQUE - ESCOLAS PÚBLICAS

 

Se for necessária alguma correção na lista divulgada, fineza enviar e-mail para obaq@ufba.br, com o título: Correção OBAQ 2018. Lembrando que: "2.5.2 Informações inverídicas, a qualquer tempo constatadas, decorrentes de comprovada culpa do estudante, implicará na sua exclusão do certame, inclusive tornando sem efeito qualquer premiação que por ventura tenha recebido, além do seu impedimento na participação de outras etapas do Programa Nacional Olimpíadas de Química."

 
A solenidade de premiação ocorrerá do dia 25 de outubro (quinta-feira), às 19 horas, no Salão Nobre da Reitoria da UFBA. Além dos alunos laureados (ouro, prata, bronze e menção honrosa), os demais aprovados, professores, familiares e amigos estão convidados a participarem do evento.

 

Todos os alunos laureados (ouro, prata, bronze e menção honrosa), assim como os alunos destaque de escolas públicas receberão medalhas e certificados. Os certificados serão disponibilizados no site da OBAQ após a solenidade. Medalhas especiais serão entregues ao aluno classificado em primeiro lugar geral, aos estudantes da rede pública de ensino que se destacaram na OBAQ 2018.

  

Nesta edição, serão entregues medalhas referentes ao Prêmio Professora Nair da França e Araújo. "Nair da França e Araújo foi a primeira química da Bahia, graduando-se em 1954. No ano seguinte, formou em Licenciatura em Química e ingressou no magistério superior de Química da Universidade da Bahia, tornando-se também a primeira professora deste curso. Pioneira, não só na Química Orgânica, mas na ciência baiana, Nair da França e Araújo coordenou um grande laboratório na Universidade e orientou inúmeros estudantes, contribuindo na formação de muitos professores do Instituto de Química da UFBA". Nota UFBA em Pauta.

 

Após a premiação, a listagem com a classificação geral e os certificados serão disponibilizados no site.

 

Nesta edição 2018, a XIII OBAQ tem o apoio da FapesbBrasilgásBraskemDowFundação CefetBahia e do SESI (FIEB-SESI). 

 

 

 CONVITE PARA A SOLENIDADE

 

 Mapa de acesso