Nos acompanhe nas redes sociais

A concorrida solenidade de premiação da Obaq 2017 aconteceu no último dia 26

 

Ocorreu no dia 26 de outubro, às 19h, no Salão Nobre da Reitoria da UFBA, a solenidade de premiação da XII Olimpíada Baiana de Química (OBAQ), evento promovido pelo Instituto de Química da UFBA, juntamente com a Associação Brasileira de Química-Regional Bahia, com o apoio da Fapesb, Fieb-Sesi, Fundação CefetBahia, Braskem, Brasilgás e DOW. 



Constituída de duas fases, a segunda fase do certame contou com a participação de 5.155 estudantes de escolas públicas (65%) e particulares, selecionados entre os 25.746 alunos na primeira fase (64% oriundos de escolas públicas), sendo aprovados 1.364 alunos (224 medalhistas) que prestaram exame no dia 5 de agosto. A prova, única para todas as séries, foi aplicada simultaneamente em 69 cidades do Estado da Bahia, com a participação de candidatos de 78 municípios.

 

Coube ao Magnífico Reitor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Prof. João Carlos Salles Pires da Silva, fazer a abertura da solenidade que contou com as presenças do Diretor do Instituto de Química da UFBA, Prof. Dirceu Martins, do Prof. Antônio Carlos Scardino e do Dr. Maurício Mascarenhas, Presidente e Diretor da Fundação CefetBahia, respectivamente; do Coordenador da Olimpíada Baiana de Química, Prof. Lafaiete Almeida Cardoso; dos representantes da Brasilgás, Dr. Vinícius Ibiapino, Gerente Comercial, e do Sr. Allan Vinício do Staff  Domiciliar;  do Dr. Carlos de Freitas Alfano Neto, Diretor Industrial, da Sra. Laís Campos, do Setor de Relações Institucionais, do Sr. Márcio Borges, Coordenador Laboratório de Controle de Qualidade, representando a Braskem S.A., e do Especialista em Cidadania Corporativa da Dow Brasil S.A., Dr. Fábio Arcanjo Mendes.

                                                                                                 

Ainda estiveram presentes ao evento, o Pró-Reitor de Extensão do IFBA, professor José Roberto Silva de Oliveira, a Coordenadora da Olimpíada Baiana de Biologia, professora Ivana Nunes Gomes de Araujo, alunos medalhistas e outros classificados, funcionários, alunos e professores da UFBA e de outras instituições de ensino, coordenadores municipais, familiares e convidados.

 

Na oportunidade, ocorreu o lançamento dos Anais da OBAQ 2016 e a saudação inicial do coordenador, professor Lafaiete Cardoso, que destacou o apoio da Ufba, a parceria com as empresas e instituições parceiras, Brasilgás, Braskem, Dow, Sesi-Fieb, Fundação Cefetbahia, e em particular, do imprescindível apoio do Governo do Estado da Bahia / Fapesb, através do seu presidente, professor Lázaro Cunha, pelo incentivo, sensibilidade, esforço e ação administrativa, apoiando, além da Olimpíada Baiana de Química, as olimpíadas de Biologia, Física e Matemática; a participação ativa das escolas, professores, alunos, coordenadores municipais e de toda equipe Obaq, e o respaldo da comunidade baiana, na superação das dificuldades, em particular de financiamento, e graças à esta conjunção de forças, foi possível concluir com êxito a XII edição da Obaq, com a ampliação em mais de 54% do número de participantes na fase I e, em torno de 22% de alunos inscritos na fase II, e de contar com a inscrição de alunos indígenas e quilombolas.

 

Em seguida, o professor Caio Silva apresentou o relatório parcial da XII edição com os principais indicadores, evidenciando a importância e a abrangência da Olimpíada Baiana de Química.

 

Além das medalhas aos alunos de escolas públicas que se destacaram, aos estudantes medalhistas do 1º, 2º e 3º anos, nas categorias ouro, prata e bronze e Menção Honrosa e ao vencedor da Olimpíada Baiana de Química 2017,  pela primeira vez, foram entregues, pela Fundação CefetBahia, certificados às escolas que mais se destacaram no certame: Colégio Anchieta de Salvador, rede particular; ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) - Campus Salvador, da rede Federal e ao Colégio da Polícia Militar Eraldo Tinôco da cidade de Vitória da Conquista, da rede Estadual.

 

Ainda no evento, os notebooks ofertados pelas empresas parceiras, Brasilgás, Braskem e DOW foram entregues aos alunos medalhistas: Lucas da Paz Magalhães, do Colégio Antônio Vieira, 3o ano, medalha de ouro, primeiro lugar geral da OBAQ 2017; Márcio A. Barreto Filho, 2º ano, primeiro lugar, medalha de ouro, Colégio São Paulo de Salvador e a Pedro Burlacchini Sanches Marinho, medalha de ouro, primeiro lugar, 1º ano, do Colégio Anchieta também da cidade de Salvador.  

 

Também foram premiados com notebooks o primeiro lugar geral de escolas públicas, segundo lugar geral Obaq, o medalhista de ouro Uedson Silva das Neves, 3º ano, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) - Campus Salvador e a estudante Mirela Ribeiro Costa, 3º ano, do Colégio Estadual da Polícia Militar professor Magalhães Neto da cidade de Jequié, primeiro lugar, Escola Pública Estadual.

Após as homenagens, a solenidade foi encerrada pelo Diretor do Instituto de Química da UFBA, professor Dirceu Martins.

 

Os certificados dos alunos em http://www.obaq.ufba.br/certificados, as fotos do evento (http://www.obaq.ufba.br/fotos) e outras notícias no https://www.facebook.com/olimpiadaquimica 

Mais informações em: http://www.obaq.ufba.br/exames